Disponível nas seguintes cidades:

Gostou? AvalieNão gosteiNão é bomSatisfeitoMuito bomGostei muitoGostou? Avalie

contato

www.prodogoficial.com

Tel: (81) 9 9308-6957

© 2019 criado pela ProbeckOficial, o passeador de cães.

  • Rex 11

Jovem que perdeu o couro cabeludo em kart se emociona em reencontro com seus gatinhos ao voltar...

A estudante Débora Dantas de Oliveira se emocionou durante o retorno ao Recife, na noite da segunda-feira (29), após ficar dois meses internada em São Paulo por causa do escalpelamento em um kart, em que perdeu o couro cabeludo.


A primeira programação do dia de Débora é reencontrar os três gatinhos dela: Caramelo, Princesa Léa e Reinga, todos adotados. Os animais estão na casa de uma amiga, no Engenho do Meio, bairro onde ela morava. “São a minha família. Quanto tempo eu esperei por isso”, disse.



Enquanto estava internada, o noivo Eduardo Tumajan contou que uma das maiores preocupações de Débora eram os animais que tinham ficado em casa. A jovem pedia que levassem comida para os gatos todos os dias.


Débora voltou ao Recife com o namorado, o empresário Eduardo Tumajan, que estava com ela no momento do acidente e acompanha todo o processo de recuperação da jovem. “Vamos aproveitar a volta ao Recife para descansar, tirar férias mesmo. Ela deve reencontrar a irmã de 17 anos e um tio. As cirurgias somente voltam a acontecer em janeiro”, explica Eduardo.

O empresário aproveita para rever também a filha, de três anos. Após a chegada à capital, o casal dormiu por apenas três horas. Os dois acordaram para dar entrevistas e fazer a programação de férias.


“Não adianta ficar ansiosa com tratamento médico porque é tudo muito lento, com resultados demorados. Ano que vem vão colocar minha sobrancelha com 3% do couro cabeludo que sobrou. Estou ansiosa por isso porque a sobrancelha dá um formato ao rosto, mas nada absurdo. Estou tranquila. Todo tratamento vai ser em São Paulo”, contou em uma entrevista.


Longe dos hospitais, o próximo desafio de Débora tem data marcada. Ela se organiza para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no domingo (3).

“Não estou me cobrando, mas o que puder fazer, revisar de última hora, farei. Vou dar o meu melhor mesmo que eu tenha passado um tempo sem ter esse estudo mais constante”, disse.

O noivo Eduardo não esconde a felicidade em acompanhar a recuperação de Débora. “Eu estou muito feliz de ver ela sorrindo o tempo todo. Poucas vezes eu vi ela entristecida, mas vi entediada por estar dentro de um quarto, sem poder passear.”


“Ela gosta de sair, ver o sol, ver a natureza. Para ela foi muito difícil passar dois meses dentro de um quarto sem ver a luz. Estou muito feliz de estar agora aqui para descansar”, concluiu.

185 visualizações

(81) 9 9308-6957